HOMENS ARMADOS MATAM 30 PESSOAS EM POVOADOS DO NORTE DA NIGéRIA

Homens armados mataram 30 pessoas no fim de semana em seis cidades no norte da Nigéria, uma região frequentemente alvo de gangues criminosas, disse a polícia local nesta segunda-feira (5).

Grupos em motocicletas realizaram ataques no distrito de Tangaza (estado de Sokoto) e mataram “oito pessoas em Raka, sete em Bilingawa, seis em Jaba, quatro em Dabagi, três em Raka Dutse e duas em Tsalewa”, disse o porta-voz da polícia local, Ahmad Rufai, em um comunicado.

Moradores de dois povoados atacados disseram, no entanto, que 36 pessoas morreram nos incidentes. Segundo eles, a motivação das represálias era que se negavam a pagar aos grupos armados para garantir sua proteção.

“Enterramos 36 pessoas ontem (domingo) que foram assassinadas pelos bandidos”, disse Kasimu Musa, morador de Raka Dutse, à AFP.

O aumento da violência nessas áreas rurais da Nigéria se deve à rivalidade por recursos entre pastores e agricultores.

Nesta zona, a terra para cultivar ou pastar é cada vez mais escassa e os conflitos se multiplicam. Essas comunidades mobilizaram grupos armados para garantir sua proteção.

abu-cma/aml/emd/es/zm/aa

2023-06-05T11:35:29Z dg43tfdfdgfd